Área restrita :

A raça no mundo

Com o fim da União Soviética em 1991, Brasil e China tornaram-se os maiores criadores de cavalos do mundo. Ambos têm uma população de cerca de 5,5 milhões de equinos. No Brasil, o hipismo se encontra numa posição invejável: o País foi várias vezes campeão mundial de salto e de pólo e no adestramento clássico, é a primeira potência da América do Sul.

Apresentação dos Cavalos Mangalarga Marchador na Equitana Alemanha - Ricardo Mendes Apresentação dos Cavalos Mangalarga Marchador na Equitana Alemanha - Ricardo Mendes
Mas, em se tratando de equinocultura, o Brasil ainda se encontra na posição de país emergente:nenhuma raça brasileira de cavalos se encontra no 'padrão mundial' de performance. As raças brasileiras históricas que participaram dos últimos 150 anos da expansão política e econômica do País, como o Mangalarga Marchador, ainda não foram postas à prova nos esportes praticados no mundo.

Entretanto, a equinocultura brasileira realizou um feito importante: o Brasil é o maior produtor de cavalos marchadores do mundo, ultrapassando, em qualidade e número, os animais criados nos Estados Unidos e nos demais países da América do Sul.